aparelho dentista

Saiba mais sobre o aparelho dentista

A presença de dentes desalinhados e tortos podem causar insatisfação do indivíduo em relação a sua própria aparência, prejudicando assim a autoestima e a confiança. Afinal, os dentes fazem parte de uma região bastante notória. Por isso, muitas pessoas com problemas ortodônticos veem no aparelho dentista uma possibilidade de conseguir uma melhor harmonia na área da boca.

Tanto por motivos estéticos quanto funcionais, o aparelho dentista se popularizou bastante ao longo dos últimos anos e vem ganhando cada vez mais adeptos. Isso ocorre porque o tratamento ortodôntico se tornou ainda mais rápido, barato e eficiente. Nesse contexto, para conseguir economizar ainda mais durante todo o processo, vale a pena contratar um plano odontológico que faça a cobertura do tratamento ortodôntico.

Motivos para colocar um aparelho dentista

Para começar um tratamento ortodôntico, o dentista primeiro precisa fazer uma avaliação geral da boca do paciente. Nesse momento, é comum que ele solicite exames de imagem para analisar a arcada dentária adequadamente. Após a avaliação, o dentista conclui o diagnóstico e pode dar início à colocação do aparelho. No geral, os principais motivos para iniciar um tratamento ortodôntico são:

  1. Apinhamento: o indivíduo apresenta uma curta arcada dentária com uma quantidade excessiva de dentes;
  2. Sobremordida: ao fechar a boca, os dentes superiores cobrem totalmente os dentes inferiores;
  3. Mordida aberta: os dentes superiores não encostam nos dentes inferiores no momento da oclusão;
  4. Mordida cruzada: os dentes superiores não se alinham corretamente com os inferiores na hora de fechar a boca;
  5. Diastema: separação excessiva entre os dentes.

Benefícios do aparelho dentista

Conquistar um sorriso devidamente alinhado e saudável por meio do aparelho dentista é uma experiência que pode demandar dinheiro, tempo e paciência. Por outro lado, os pacientes que fazem o processo com um profissional capacitado contam com uma série de vantagens ao final do tratamento, como:
  • Eliminação de dores de cabeça, pescoço, costas e ombros provocadas pelo desalinhamento dos dentes e da arcada dentária;
  • Redução da probabilidade de problemas e doenças bucais, pois dentes tortos ou desalinhados são mais difíceis de limpar e, por isso, têm mais facilidade para acumular restos de comida, possibilitando o aumento no número de placas bacterianas;
  • Melhoria nas atividades essenciais do organismo, como a mastigação, dicção e respiração;
  • Proporciona um sorriso mais bonito e saudável.

Conheça também a ortopedia facial

A ortopedia facial é um ramo da odontologia que serve para solucionar os desequilíbrios ósseos e musculares dos maxilares tanto superiores quanto inferiores, pois atua diretamente nos ossos com a utilização de aparelhos removíveis. Basicamente, existem duas origens para a necessidade da ortopedia facial: os fatores genéticos e as mudanças na boca por causa da falta de estímulos mastigatórios e problemas respiratórios. Nesse caso, entram a mordida cruzada e a aberta, a diastema, o apinhamento e o crescimento insuficiente ou em excesso da mandíbula.

Logo, o aparelho dentista e a ortopedia facial têm o mesmo objetivo, mas utilizam técnicas diferentes. Para a ortopedia facial, não é necessário colocar uma força externa para exercer pressão na boca, porque acredita-se que o corpo humano tem as forças necessárias para fazer a movimentação dos ossos e dos músculos.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Ideal Odonto atende aparelho dentista:


0800 730 7373

atendimento@idealodonto.com.br

Ouvidoria

4003 3428

ouvidoria@idealodonto.com.br