dente infeccionado rosto inchado

Descubra como tratar dente infeccionado rosto inchado

Sem aviso prévio, um pequeno incômodo no interior da cavidade bucal pode surgir e, após pouco tempo, agravar-se e causar um incômodo intenso, além de aparecer o dente infeccionado rosto inchado. Por outro lado, quando o desconforto não incomoda tanto, muitas pessoas descartam a visita ao dentista, mas essa não é uma atitude recomendável. Afinal, conforme o tempo passa, o problema pode piorar a tal ponto que se torna irreversível, então se torna necessário fazer a exodontia (extração do dente).

Por isso, nessa situação, é necessário marcar rapidamente uma consulta com um dentista de confiança. Afinal, ele é o profissional mais qualificado para avaliar, diagnosticar e tratar o caso. Caso o indivíduo demore para buscar uma ajuda, torna-se cada vez mais difícil continuar realizando atividades cotidianas, pois o dente infeccionado rosto inchado consegue prejudicar a qualidade de vida como um todo.

Motivos para o surgimento do dente infeccionado rosto inchado

Para conseguir tratar corretamente o dente infeccionado rosto inchado, primeiro o dentista precisa fazer o diagnóstico do problema. Com esse objetivo em mente, ele realiza uma análise minuciosa da boca do paciente e conversa com ele para saber os sintomas que vêm sentindo, além de promover um questionário sobre os seus hábitos e histórico de doenças. Depois de concluir essa etapa, o dentista ainda pode solicitar exames complementares para diagnosticar o caso da forma ideal. No geral, as causas mais comuns para o aparecimento do dente infeccionado rosto inchado:

  • Retração gengival, que causa a exposição excessiva dos dentes, fazendo com que ele fiquem mais sensíveis;
  • Presença de doenças periodontais, como a gengivite (inflamação na gengiva) e a periodontite (inflamação grave na gengiva);
  • Siso nascendo, pois pode causar dor ao se romper da gengiva, ou siso inflamado, já que esse dente se localiza numa área complicada de higienizar corretamente e, consequentemente, torna-se mais propenso a acumular resquícios de comida e proliferar bactérias;
  • Presença de cáries, que podem atingir superficialmente o dente ou chegar ao canal e contaminá-lo;
  • Fratura ou quebra da coroa no dente depois da endodontia (tratamento de canal);
  • Tratamento de canal mal feito pelo dentista, em que as bactérias continuaram presentes no canal;
  • Nova contaminação do canal provocada pela ausência da obturação ou coroa depois do tratamento de canal.

Tratamento para dente infeccionado rosto inchado

Depois de fazer o diagnóstico do paciente, o dentista consegue tratar o dente infeccionado rosto inchado. Se for uma doença periodontal, por exemplo, o profissional faz uma limpeza geral da região bucal, retirando os tártaros e as placas bacterianas, para que assim área fique descontaminada e higienizada.

Em situações de inflamação no dente provocada por uma cárie que chegou até a raiz, o dentista precisa fazer o tratamento de canal, no qual consegue remover a polpa infectada e devolver uma saúde bucal de qualidade ao paciente. Se a cárie estiver superficial, o dentista realiza a obturação, que serve para eliminar o tecido contaminado e restaurar o dente, ou apenas faz uma aplicação de flúor no dente. Com isso, revela-se que o caso é facilmente tratado se o paciente se consultar com um profissional qualificado.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Ideal Odonto atende dente infeccionado rosto inchado:


0800 730 7373

atendimento@idealodonto.com.br

Ouvidoria

4003 3428

ouvidoria@idealodonto.com.br