dentes muito amarelos

Saiba como tratar dentes muito amarelos

A conquista de um sorriso branco pode ser um verdadeiro enigma na vida de muita gente. Afinal, os dentes muito amarelos são características comuns em algumas pessoas, em que somente a realização da higienização adequada diariamente e visita ao dentista duas vezes ao ano não soluciona o caso.

Afinal, hábitos diários como o contínuo consumo de determinados alimentos, tabacos e medicamentos prejudica a cor branca natural dos dentes. No entanto, existem pessoas que possuem dentes amarelos de nascença. Dessa forma, dentes que não são brancos nem sempre indicam uma falta de cuidado ideal com a saúde bucal.

Tratamentos estéticos para dentes muito amarelos

Desde o clareamento dental até as lentes de contato, o paciente tem ao seu dispor variadas opções para remover de vez os dentes muito amarelos. Nesse contexto, alguns dos tratamentos estéticos mais realizados pelos profissionais e indicados para os pacientes são:

  1. Destartarização: as manchas superficiais podem ser removidas por meio da destartarização, que é uma limpeza profunda dos dentes, provocando um clareamento no sorriso. Dessa forma, recomenda-se realizar a profilaxia no consultório odontológico pelo menos duas vezes por ano, reduzindo assim a chance de aparecimento de manchas, tártaros e cáries;
  2. Clareamento dental: o tratamento pode ser feito no consultório ou em casa, em que consiste em recuperar a cor original dos dentes sem que a superfície fique desgastada. Vale lembrar que esse procedimento fornece resultados mais satisfatórios para pessoas que já tinham dentes brancos, porque ele não é capaz de branquear completamente o sorriso de pessoas com dentes muito amarelos desde a infância;
  3. Peeling dental: para a remoção de manchas e linhas, os especialistas costumam recomendar o peeling dental. Nesse procedimento, o dentista aplica substâncias abrasivas, além de fazer um polimento superficial, removendo assim colorações que não são naturais do dente;
  4. Laminados cerâmicos: as lentes de contato e facetas laminadas conseguem modificar completamente o sorriso, sendo as escolhas mais indicadas para quem deseja eliminar completamente os dentes muito amarelos. Ainda que sejam bastante eficientes, esses procedimentos são caros. Além de modificar a cor dos dentes, é possível mudar também o posicionamento, o formato e o tamanho deles.

Como evitar os dentes muito amarelos

Em algumas situações, a genética pode ser um fator para causar o amarelamento nos dentes. Nesse caso, não tem como evitá-lo. Existem algumas doenças congênitas que estão diretamente ligadas ao amarelamento dos dentes desde a infância, já que afetam o esmalte ou a dentina.

No entanto, em outras situações, é possível evitar com que os dentes fiquem amarelados. Nesse contexto, é importante não consumir frequentemente bebidas com forte pigmentação, como café, chá, refrigerantes de cola, vinho e suco de uva, que penetram no esmalte e causam a descoloração branca dos dentes.

A liberação da nicotina pelo cigarro também é uma grande inimiga do sorriso branco. Recomenda-se limitar ou eliminar a utilização desses alimentos, porque são umas das maiores causas para o amarelamento. Além disso, a tetraciclina é um dos antibióticos mais conhecidos que causam o amarelamento dos dentes. Ao saber dessas informações, torna-se possível evitar os dentes muitos amarelos.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Ideal Odonto atende dentes muito amarelos:


0800 730 7373

atendimento@idealodonto.com.br

Ouvidoria

4003 3428

ouvidoria@idealodonto.com.br