mau hálito canino

Seu pet pode sofrer com o mau hálito canino

Assim como os seres humanos, os animais são seres que precisam de atenção e cuidados, inclusive no que se refere a tratamentos médicos e odontológicos. A maior prova disso é que os bichinhos também sofrem com a alteração no hálito, que acaba gerando aquele odor desagradável e característico, mas no caso deles, a halitose recebe o nome de mau hálito canino.

Tal como acontece com os humanos, é possível identificar, facilmente, o mau hálito canino em cachorros e outros animais. Na maioria das vezes, esse problema está diretamente relacionado ao acúmulo de tártaro nos dentes, que com passar do tempo, dão origem ao mau hálito canino. Porém, esses odores fortes também podem sinalizar a presença de outras doenças em seu animal. Quer saber mais sobre o que causa e como tratar o mau hálito canino? Então leia na integra o nosso artigo.

Como tratar o mau hálito canino?

O mais importante é buscar ajuda veterinária, pelo bem do seu anima. Mas uma forma simples de prevenir o mau hálito canino, é comprando petiscos e brinquedos que o animal possa morder constantemente. Além de serem muita saudáveis e recomendados por especialistas, eles também ajudam na limpeza bucal, conforme o animal o morde, prevenindo desse modo, o acúmulo de tártaro e fortalecendo as gengivas, além de estimular a mastigação do seu pet. Outras dicas para tratar e prevenir o mau hálito canino incluem:

  • Higienizar todos os dias os dentes do seu animal ajuda a evitar o acúmulo de resíduos que formam o tártaro;
  • Observar sempre os dentes do seu cão, para perceber se há ou não a incidência de tártaro;
  • Se o tártaro já se instalou nos dentes, será necessário fazer uma limpeza profissional em um consultório veterinário;
  • A ração seca pode prevenir o mau hálito canino, uma vez que os próprios grãos fazem a limpeza da boca;
  • Cuida da alimentação e da saúde do seu bichinho.

Mau hálito canino não é normal

Apesar de ser algo muito frequente na maioria dos animais, o mau hálito canino ainda é encarado como uma condição normal dos pets, algo fisiológico e natural, mas definitivamente este não é o caso. Porém, muitos donos acabam não se importam e, por isso, não se informam sobre a forma correta de cuidar da saúde bucal de seus animais, colocando-os em risco. É preciso, portanto, que os tutores saibam que o mau hálito canino não é uma decorrência única e exclusiva do consumo de alimentos e que pode sim, estar relacionado a doenças que indicam que algo não vai bem com saúde do seu cachorro.

No entanto, a maioria dos casos de mau hálito canino apenas indicam que há uma necessidade de rever a higiene bucal de seu bichinho. Ainda que nem todos os donos façam isso, os dentes dos cachorros precisam ser escovados, tais como os dos humanos, para prevenir a incidência de tártaro, que no caso dos animais, pode até mesmo matar. Por isso, os responsáveis pelo cão devem o levar a um especialista, que irá descobrir as causas desse mau hálito e indicar a melhor forma de tratamento.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Ideal Odonto atende mau hálito canino:


0800 730 7373

atendimento@idealodonto.com.br

Ouvidoria

4003 3428

ouvidoria@idealodonto.com.br