restauração dente cárie

Como é restauração dente cárie?

A restauração dente cárie é um tratamento para fazer com que o dente prejudicado pela cárie retorne às suas propriedades normais. Durante esse tratamento, o ortodontista remove a parte do dente que esta deteriorada, seja ela interna ou externa. Posteriormente, ele realiza a profilaxia (limpeza profissional) na área atingida e, por último, preenche a cavidade com um material de reconstrução, conhecido popularmente como cimento ortodôntico. Essa restauração do dente cárie, impede que as bactérias se infiltrem nos buracos gerados pela doença, prevenindo uma deterioração maior posteriormente.

Porque fazer a restauração dente cárie?

Fazer um processo de restauração dente cárie é importante não apenas para a estética e autoestima dos pacientes, mas principalmente, para a função mastigatória e para a estrutura funcional da boca. Um dente deteriorado pela cárie pode ficar sensível, trincar, quebrar e até morrer. Entre os principais motivos para realizar a restauração do dente cárie estão:

  • Eliminar cáries;
  • Evitar sensibilidade dentária;
  • Recuperar o formato dos dentes;
  • Proteger os nervos e vasos sanguíneos da polpa dentária;
  • Melhorar a aparência.

Eu preciso restaurar meu dente?

Para saber se você precisa ou não se submeter a uma restauração dente cárie, o primeiro passo é buscar ajuda de um dentista. Ele poderá fazer uma avaliação completa da sua boca e identificar qualquer alteração nos dentes, além de ter o poder de solicitar uma radiografia da boca, seja ela completa ou parcial. A radiografia poderá identificar problemas na parte interna do dente ou seja, no tecido conhecido como dentina, que protege os nervos e vasos sanguíneos dessa estrutura. A restauração dente cárie pode ser feita com:

  • Ouro: a restauração dente cárie feita com ouro, geralmente, é bem aceita pelo tecido gengival e pode durar cerca de vinte anos. Devido a essas circunstâncias, muitos profissionais consideram este como o melhor material para a restauração dentária, porém devido a sua composição, ele pode ser mais caro do que outras formas de restauração dente cárie;
  • Plástico: também chamada de resinas plásticas, as restaurações com plástico são bem comuns durante esse procedimento, isso porque elas combinam com a cor natural dos dentes. Nesse tipo de restauração dente cárie, os ingredientes são misturados e colocados diretamente na cavidade, onde endurecem e duram entre três e dez anos. Porém, se não forem cuidados da forma adequada, podem apresentar, com passar do tempo, manchas de pigmentos como vinho, café, chá ou tabaco;
  • Prata: esse tipo de restauração dente cárie é bem resistente e relativamente barata. Porém, esteticamente falando, elas não são tão atraentes quanto a restauração dente cárie com plástico ou porcelana, visto que a prata é mais escura do que a cor natural dos dentes. Dessa forma, este tipo de material não é indicado para áreas muito visíveis, como os dentes da frente, por exemplo;
  • Porcelana: também chamada de incrustações ou facetas, a restauração dente cárie com porcelana são feitas sob encomendada e, em seguida, cimentadas no dente. Apesar de serem um pouco mais caras, o custo-benefício estético acaba compensando, pois as restaurações feitas com este material combinam com a cor do dente e resistem à manchas.

Mas se a cárie já atingiu o nervo ou polpa dentária, ela pode ser tratada de duas formas: através do tratamento de canal (processo no qual o dente danificado é removido). Neste tipo de tratamento, o nervo dentário não pode ser salvo, o que acaba "matando" a sensibilidade dentária. O outro tipo de tratamento, é o capeamento pulpar, que recobre polpa, tentando manter o nervo vivo.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Ideal Odonto atende restauração dente cárie:


0800 730 7373

atendimento@idealodonto.com.br

Ouvidoria

4003 3428

ouvidoria@idealodonto.com.br