tratamento de canal

Tratamento de canal: etapas e cuidados

O tratamento de canal da raiz dentária, visa recuperar os dentes que estão danificados ou infectados, removendo sua polpa comprometida. Dentre os procedimentos também estão inclusos a higienização e desinfecção da área afetada, o preenchimento e o selamento do dente com material restaurador.
As principais causas que submetem um dente a um tratamento de canal, geralmente, são cáries profundas, decorrentes de uma má higiene bucal, dentes trincados, tratamentos dentais excessivos e traumas.

As etapas de um tratamento de canal

Ao receber a indicação de um dentista sobre fazer um tratamento de canal, é importante que o paciente atenda a solicitação, pois o profissional da saúde pode ter identificado uma lesão que precisa ser tratada o quanto antes, na intenção de evitar o surgimento de dores intensas, inchaços, infecções e, até mesmo, febre ou incômodos nas articulações da boca. As etapas não são demoradas e podem ser resolvidas em poucas visitas ao consultório. Elas se dão na sequência:
  • Raio-X: ao suspeitar da necessidade de um tratamento de canal, o paciente precisará se submeter a exames de raio-x da face, visando facilitar a análise do dentista sobre a localização e profundidade da cárie, caso essa seja a causa;
  • Anestesia: há a aplicação de uma anestesia local na área infectada. Isso faz com que o restante dos procedimentos seja indolor, oferecendo um tratamento muito menos dolorido do que uma restauração, por exemplo;
  • Pulpectomia: no tratamento de canal, é feito uma abertura no dente doente para a retirada da polpa comprometida e, em seguida, ocorre a limpeza do local para desinfetá-lo;
  • Preenchimento: cada um dos canais recebe um material restaurador flexível em formato de cone, logo, os dentes são selados em posição adequada com um cimento apropriado. Há vezes em que é necessário aplicar um pino de plástico ou metal para garantir mais resistência.

Cuidados após um tratamento de canal

Todo dente que passa por processos de restauração e tratamentos delicados estão sujeitos a durar pelo resto da vida, isso se o paciente respeitar as orientações médicas e atribuir hábitos saudáveis e responsáveis à sua rotina. Com um tratamento de canal não é diferente, afinal, este costuma ter uma taxa de sucesso alta e satisfatória. Sua eficácia e longevidade depende exclusivamente de como o paciente cuida da saúde da sua boca após os procedimentos. Alguns dos cuidados mais importantes envolvem:
  • Praticar boa higiene bucal: escovar os dentes por, pelo menos, duas vezes ao dia, além de usar o fio dental corretamente e investir em antissépticos bucais;
  • Visitar o dentista com frequência: o acompanhamento profissional é essencial para manter a saúde da boca em dia, com limpezas completas e exames que comprovem a ausência de problemas, como a cárie;
  • Evitar mastigar alimentos duros: gelo, entre outros alimentos muito sólidos e duros, fazem com que os dentes se quebrem e afetem diretamente o canal.

Portanto, a atenção e o comprometimento em relação a higienização da boca e a restrição de determinados alimentos são essenciais para um tratamento de canal efetivo e uma boca saudável.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Ideal Odonto atende tratamento de canal:


0800 730 7373

atendimento@idealodonto.com.br

Ouvidoria

4003 3428

ouvidoria@idealodonto.com.br